segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

TRILHA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL FOI SUCESSO TOTAL


Cícero Lajes - www.cicerolajes.blogspot.com


A Trilha de Responsabilidade Social de 2012 nos deixou bastante frustrados. Para este ano, Eudes teve a ideia de produzirmos camisas personalizadas da trilha, isso juntamente com a grande divulgação nas redes sociais, em nossos blogs, e de nossos parceiros, fez com que a trilha tivesse mais visibilidade. Participaram da escalada ao Pico do Cabugi, 20 pessoas (10 eram de outras cidades) + os 4 guias: Leandro, Eudes, João Augusto e Cícero.

Nosso ponto de encontro foi no Restaurante O Bom Cabrito às 13:00 horas, depois de alguns minutos e preenchimento dos termos de responsabilidade, seguimos rumo ao Cabugi por volta das hs 13:25; depois de algumas explicações e alongamentos iniciamos a caminhada com todo mundo rindo e com todo gás; depois da primeira parada de descanso (a 850 metros de caminhada) o semblante de alguns já haviam mudado devido a grande elevação do primeiro trecho que exige bastante fôlego; Após 10 minutos seguimos novamente trilha acima rumo à caixa d'água (na metade da trilha a cera de 1500 metros de caminhada; nesse ponto a parada é um pouco mais demorada para ingestão de água, frutas controlar os batimentos; ao chegarmos na base de transição do trilho de rochas na mata para as rochas do cume (mais ou menos 2000 m), é o ponto para a desistência de alguns que achem o trajeto perigoso, ou estejam bastante cansados, uma senhora resolveu ficar então deixamos um guia com ela e os demais conduziram o grupo até o pico; na linha dos postes começa a escalada propriamente dita, e no penúltimo poste (2500 metros), inicia-se uma trilha em pé contornando o pico em forma de parafuso, chegando no pico à mais de 500 metros de altitude e 2900 metros de trilha partindo da porteira. A descida foi tranquila e atingimos a BR antes mesmo de escurecer.

Fotos de Leandro Souza
1. Antes de iniciarmos a subida
            2. Quando alguém requer cuidados especiais, um guia torna-se seu anjo da guarda até o fim da trilha
3. Aqui o esforço físico precisa de segurança psicológica
                                                                      4. Este é o ponto em que damos uma volta ao redor do cume
5. A sensação de liberdade é incrível
                                                                           6. Grupo no topo do Pico do Cabugi. Mais uma conquista
Agradecimentos: amigos participantes da trilha, blogs (Cabugi Notícia, Lajes News, Foco Sertanejo, Professor Adomilson, Blog Lajes do Cabugi), Irene Martins, Otávio/Tavinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário